NETWORKING: O PODER DO NÓS!

Diz o ditado que: “quem tem amigos na praça não morre pagão. ” Sua rede de contatos é a poupança que você, previdentemente, faz em tempos de bonança antes que a necessidade bata à sua porta. Todos sabem da importância de manter uma boa rede de relacionamento, mas muito poucos sabem que essa construção deve ser iniciada desde cedo como perspectiva de oportunidades, não por oportunismo. O processo de construção de uma rede de relacionamento eficaz tem como ponto de partida a reciprocidade, o interesse genuíno das partes envolvidas em promover trocas.

Algumas pessoas acham que para fazer networking basta colecionar contatos influentes e aproximar-se de pessoas em posições estratégicas com o intuito de obter benefícios, pedir indicação ou oferecer produtos e serviços. Quando precisam, se valem dos contatos apenas com interesse de alavancar suas pretensões. Uma visão pobre de como funciona a tessitura social nas redes de relacionamento. Em consonância com a visão de Bert Hellinger: “para que as relações sejam justas e longevas precisam oferecer trocas”. Você nunca realizará grandes feitos agindo sozinho.

No processo de networking não se trata apenas de “quem” você conhece. O que conta mesmo é o “quanto” você, realmente, conhece seus contatos. É essencial que haja uma conexão mais próxima para que outro se comprometa a fazer coro aos seus propósitos e apoie suas causas. Da mesma forma, para que alguém dê referências a seu respeito é necessário que tenha um mínimo de conhecimento sobre o diferencial do seu trabalho. É preciso haver um vínculo que privilegie a proposição de “mão dupla” nos relacionamentos. Ou será que o seu compromisso com a sua rede de contatos visa apenas ao “venha a nós”, mas não “ao vosso reino”?

Construir uma rede de contatos eficaz não é obra do acaso, há um talento especial por trás disso. Algumas pessoas reclamam que recorrem à ajuda de seus contatos, mas não conseguem êxito. Pergunto: o que elas têm feito para merecer a consideração dos mesmos? Quais “trocas”, efetivamente, oferecem para se acharem no direito de obter uma resposta favorável? Com frequência vejo profissionais solicitando recomendação sem que nunca tenham trabalhado ou ao menos conhecido a pessoa a quem recorrem. Por mais conveniente que seja, não ceda a essa tentação. Como falar do trabalho de alguém sem conhecê-lo?

Esse tipo de conduta compromete a credibilidade de ambos. Se você agir assim verá que as pessoas perceberão você como alguém que só aparece quando quer obter algum benefício que atenda a interesses próprios. O oportunista que bate à porta para pedir, mas nunca para oferecer ou retribuir. Se você pretende construir uma rede de contatos significativa observe a forma como tem agido e invista na construção de uma boa imagem na mente das pessoas.

Uma carreira bem-sucedida tem a ver tanto com quem você é quanto com quem você se relaciona. Ivan Misner, Ph.D., autor de“Networking Like a Pro” diz que “com tantas plataformas diferentes para as pessoas se promoverem hoje em dia, você tem que encontrar maneiras de cortar caminho e ser notado. Pousar no radar de alguém e permanecer lá. ”

Se você praticar alguns princípios básicos de como fazer networking conquistará excelentes resultados. Comece seguindo essas cinco dicas estratégicas para fazer uma gestão eficaz da sua rede de contatos e se beneficiar do “poder do nós”!

Dica 1: Doadores ganham. Ofereça antes de receber

Um dos piores erros que as pessoas cometem na construção de uma de rede contatos é estabelecer conexão para pedir antes de oferecer. Se o seu propósito é criar relacionamento com outra pessoa, primeiro você precisa mostrar como ela se beneficiará dessa conexão com você. A ideia é criar oportunidades e não praticar oportunismo. Pense na sua rede de contatos como uma conta bancária, onde você precisa fazer depósitos antes de efetuar saques.

Dica 2: Pessoas compram pessoas. Seja você.

Seu DNA pessoal precede o seu crachá profissional. Antes de comprarem suas estratégias, seus contatos comprarão suas ideias, portanto, seja autêntico. Autenticidade é pré-requisito das relações honestas. Não banque a pose de quem você não é para impressionar.Você dedica toda a sua vida para construir uma boa reputação e em uma fração de segundo, por um deslize de caráter, faz com que as pessoas deflagrem a farsa e o vejam como uma fraude. Desapegue-se das personas. Simplesmente, seja você.

Dica 3: Não se conecte, apenas. Construa vínculos.

Depois da conexão, muitas pessoas deixam a bola cair, perdendo a oportunidade de promover trocas no novo relacionamento. A frequência e a profundidade das suas interações dependem da forçado relacionamento. Para que a sua rede de contatos se torne robusta, você precisa nutrir a sua rede regularmente”.

Dica 4: Seja útil. Pense em como você pode apoiar pessoas

Algumas pessoas costumam associar o networking a pequenas conversas em happy hours, papos de elevador e trocas de e-mail e celular. Mas, a chave para o sucesso das conexões profissionais é conhecer, de fato, as pessoas e promover conversas que agreguem valor. Concentre-se em como pode ser genuinamente útil, sobretudo,em momentos de crise. Compartilhe suas habilidades com sua comunidade. “Use seus conhecimentos para gerar valor a outras pessoas e estabelecer relações poderosas nesse mundohiperconectado” como diz Kelly Hoey, especialista em redes e autorade “Build Your Dream Network: Forging Powerful Relationships In A Hyper-Connected World”.

Dica 5: Diversidade é um valor. Conecte-se com perfis diferentes

Focar nas semelhanças é uma maneira rápida de desenvolver relacionamento. Quanto mais alguém se parece com você, mais fácil e confortável é se conectar. É por isso que as redes de contato,geralmente, são homogêneas. Temos a tendência de buscar pares afins, mas, a diversidade é um poderoso recurso para a construção de uma rede de contatos eclética e robusta. Procure conectar-se com pessoas diferentes que possam apresentá-lo a outros grupos. Perfis diferentes do seu também oferecem a possibilidade de compartilhar pontos em comum.

No mais, tenha sempre em mente que “networking é a arte de sefazer interessante e não interesseiro”. Juntos somamos mais.

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

MANTENHA-SE ATUALIZADO
Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos e programação de eventos.

TREINAMENTOS RELACIONADOS