Waleska Farias - Gestão de carreira e imagem



Quando a Ambição Atropela a Aprendizagem Quando a Ambição Atropela a Aprendizagem

Com nossa necessidade constante de autoafirmação, nos acostumamos a levantar certas bandeiras e por elas lutar até o fim. Competimos para vencer, questionamos para transformar, lutamos porque… Gostamos de lutar.

Mas quando só se enxerga o destino, a trajetória parece insignificante e os meios para chegar até lá passam a não ter mais critérios. Nesta hora, ambição e ética entram em conflito e os princípios pelos quais você realmente luta começam a aparecer.

A ambição é uma “faca de dois gumes” e precisamos saber direcioná-la para que se torne um combustível e não um veneno. É o tempero principalmente dos jovens profissionais e sem ela não teríamos conseguido mudar tantos costumes.

Mas falar de ambição sem falar de ética é como começar a montar a composição deste veneno e estaremos a um passo de viver sob a lei da selva, lutando diariamente pela sobrevivência e não pela evolução da espécie.

Cada etapa de nossa jornada profissional virá acompanhada de obstáculos e aprendizagens. Tentar encurtar o caminho ou pular alguma dessas etapas possivelmente nos livrará de certos obstáculos, mas também deixaremos de aprender.

E acredite: uma hora esta informação baterá à nossa porta pedindo satisfações. Por isso é preciso aproveitar a jornada e deixar que as oportunidades apareçam quando estivermos prontos.

Quem disse que precisamos enxergar toda a escada? Subamos o primeiro degrau com fé, e ao topo saberemos que, se fosse possível, viveríamos tudo novamente.

Beatriz Carvalho
Estudante de Relações Públicas da Universidade Metodista em São Bernardo do Campo.

Waleska Farias
Coaching, Carreira e Imagem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
cadastre-se e receba nossas novidades »